A corrupção disfarçada do judiciário

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) denuncia o que ele chama de corrupção disfarçada e legalizada: os super salários do judiciário e do Ministério Público, que chegam a ser dez vezes maiores que o teto imposto pela Constituição (R$ 35 mil).

Vídeo da NocauteTV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s