Resumo do Dia – 25/04/2017

Ouça os principais destaques do dia!

Júlia Martin presidenta do Partido dos Trabalhadores de Taubaté explica quem é que tem que fazer alguma coisa para barrar as anti-reformas golpistas.

A presidenta da CUT de Minas Gerais, Beatriz Cerqueira, convoca a todos para greve geral no próximo dia 28 de abril.

Diante do cenário do país o Bispo do Crato, Dom Gilberto Pastana, a igreja católica e toda confederação nacional dos bispos do Brasil se levantam para resistir ao golpe

Pesquisa Vox Populi mostra que a maioria da população brasileira quer a cassação do mandato do ilegítimo Temer e eleições diretas já.

O ex-presidente Lula está preparado para enfrentar o candidato da Globo e regularizar a atividade midiática no Brasil. Lula também reafirma, todo dia: “se o cara acha q nenhum político presta, ótimo! se candidate e seja o deputado, o senador o presidente que você acha que vai resolver os problemas desse país”.

A falta de credibilidade do depoimento de Leo Pinheiro para a operação Lava Jato foi externada pela defesa de Lula e reconhecida pelo próprio juiz Sérgio Moro. Porém isso não impediu o juiz de não adiar o depoimento do empresário da OAS, mesmo com pedidos da defesa de Lula, que se sentiu prejudicada pela falta de transparência do Ministério Público.

O cientista político Marcelo Buzetto e o diretor da APEOESP Roberto Guido em entrevista à TVT falaram o que esperam das mobilizações da Greve Geral, nessa sexta dia 28.

Antônio Canuto, secretário da Comissão Pastoral da Terra, analisa para a rádioagência Brasil de Fato a explosão dos conflitos no campo, o assassinato de trabalhadores rurais e a impunidade de latifundiários e ruralistas, protegidos pelo sistema econômico político-judiciário e midiático do Brasil

Ana Roxo pergunta: A esquerda está nos lugares onde as pessoas precisam se apropriar do discurso da esquerda? A esquerda está nos presídios? A esquerda está na periferia? Ou estão as igrejas evangélicas? Ela fala sobre linguagem e seu sentimento em relação ao jeito da esquerda se comunicar.

O jornalista Leonardo Stoppa denuncia espetáculo midiático sobre a Venezuela como uma tentativa dos Estados Unidos de angariar apoio internacional. Para explicar seu ponto de vista, o comentarista faz um interessante paralelo com a situação da África e sua exposição na mídia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s