Lindbergh reage contra proposta de votar reforma trabalhista em regime de urgência

O senador Lindbergh Farias critica o regime de urgência com que se pretende votar a reforma trabalhista, considerando a decisão um desrespeito ao Senado. Segundo Lindbergh, querem colocar o país numa luta de classe escrachada, votando em caráter de urgência essa escandalosa reforma que destrói a CLT, atropelando o senado.

Ouça:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s