Resumo do 151º Democracia no Ar

Os principais destaques do dia  de hoje! 

Artistas e intelectuais se engajam na luta pela democracia. Ato pelas Diretas Já! convocado pelas Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo reuniram milhares de pessoas na orla de Copacabana, no rio de janeiro. No jornal da CUT hoje.

Milhares de pessoas compareceram para o ato político-musical pelas eleições Diretas, já! ontem, em Copacabana, no Rio de Janeiro. A filósofa Marcia Tiburi explica a importância do ato.

Frente Brasil Popular lança hoje às 7 horas da noite uma Plataforma de Emergência para o país e por Diretas Já no Tuca em São Paulo.

E enquanto o Brasil vive a expectativa sobre o dia em que Temer poderá cair, na TV GGN, o jornalista Luís Nassif comenta que a semana começa com investigações que atingem ainda mais Aécio Neves, o ministro do Supremo Gilmar Mendes e deixam o próprio presidente ilegítimo em situação cada vez mais difícil.

Requião trouxe na bagagem, direto do parlamento europeu, denúncia acerca das delações dos irmãos Batista: elas são “Made In Usa” (feitas nos Estados Unidos), realizadas pelo Departamento de Estado Norte-Americano.

João Pedro Stédile, da coordenação nacional do MST, denuncia os massacres de sem terra como uma das consequências do golpe. Direto para a página do jornal Brasil de Fato.

O cientista político e professor da USP Paulo Sérgio Pinheiro afirma em entrevista ao canal A Verdade de Lula que o julgamento do ex-presidente tem por objetivo torná-lo inelegível para as eleições de 2018.

Ministro Luís Roberto Barroso, do STF, afirma que forma das eleições deve ser decidida pelo Supremo. Porém, acreditamos que a última palavra tem que ser do povo – através de eleições diretas; Afinal TODO poder emana do povo.

João Pedro Stédile, da direção nacional do MST, denuncia os massacres de sem terra como uma das consequências do golpe

Aécio havia virado uma sarna para os irmãos Batista. Foi o que afirmou o executivo da JBS, Ricardo Saud, na delação em que diz que o ex candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves, pediu dinheiro de forma desesperada.

Áudio grampeado pela Lava Jato e publicado no canal Woodstock 59, mostra a conversa entre os amigos Aécio e Zezé Perrela. Aécio não gostou das declarações de Zezé a uma rádio de Minas e cobra solidariedade do “homem do Helicoca”.

Justiça em São Paulo voltou atrás e derrubou a decisão que permitia a internação compulsória de pessoas na região da cracolândia, em São Paulo capital. Reportagem do Brasil de Fato.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s